Hamas recebe com frustração comentários de Obama sobre Gaza

Cairo, 23 jan (EFE).- O movimento palestino Hamas expressou hoje frustração com os comentários do presidente americano, Barack Obama, que pediu ao grupo islâmico que parasse de lançar foguetes contra Israel.

EFE |

"Parece que Obama vai continuar com as mesmas políticas do Governo anterior, sem considerar os erros de antes", afirmou o principal dirigente do Hamas no Líbano, Osama Hamedan, em declarações feitas ao canal de televisão "Al Jazira".

Hamedan disse ainda que a Casa Branca deve introduzir mudanças em sua política para o Oriente Médio se quiser evitar o fracasso.

"Este é um começo pouco bem-sucedido. Se essa política não mudar, os próximos quatro anos serão de um completo fracasso", disse o dirigente do Hamas no que foi a primeira reação do grupo após os comentários de Obama.

O presidente dos Estados Unidos disse ontem à noite que o Hamas lançou "durante anos" foguetes contra o sul de Israel e que essa é uma prática que deve acabar.

Porém, o presidente americano declarou também que Israel deve se retirar "totalmente" de Gaza. EFE nq/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG