trégua informal com Israel em Gaza - Mundo - iG" /

Hamas propõe trégua informal com Israel em Gaza

O grupo militante palestino Hamas entregou a mediadores egípcios nesta quinta-feira propostas para uma trégua informal com Israel na Faixa de Gaza. De acordo com autoridades egípcias, o Hamas sugeriu o estabelecimento de um período de calmaria - primeiro, em Gaza, e depois, na Cisjordânia - se Israel suspender o bloqueio econômico à Faixa de Gaza e as operações militares na região.

BBC Brasil |

O Egito afirma que levará as propostas a Israel. Autoridades israelenses dizem que estão prontas para um período de calmaria e que as forças de Israel não terão motivos para realizar novas operações militares em Gaza se os ataques com foguetes palestinos também pararem.

Na manhã desta quinta-feira, a ONU disse que terá de suspender o trabalho humanitário em Gaza por causa do boicote israelense, que impede o fornecimento de combustível ao território.

Casa Branca
Nos Estados Unidos, o presidente americano, George W. Bush, se encontrou nesta quinta-feira com o líder palestino Mahmoud Abbas, na Casa Branca, para discutir o processo de paz no Oriente Médio.

Os dois líderes reafirmaram o compromisso com o processo de paz, e Bush disse estar confiante de que israelenses e palestinos podem chegar a um acordo para definir a criação de um Estado palestino.

A reunião ocorre cinco meses depois da conferência na cidade americana de Annapolis, onde uma nova rodada de negociações de paz foi anunciada.

Em Annapolis, Bush havia dito que tentaria fechar um novo acordo de paz antes de terminar seu mandato, no final deste ano.

O encontro com o palestino também ocorre um mês antes de um giro que Bush fará por Israel e por diversos países árabes.

Divisão
Antes da reunião com Bush, Abbas disse que a divisão entre palestinos e israelenses ainda é muito grande.

Em sua viagem a Washington, Abbas pediu que os israelenses parem de construir assentamentos em terra disputada pelos dois lados, para que as negociações de paz possam prosseguir. Segundo o líder palestino, os assentamentos são os principais obstáculos no processo de paz.

Abbas também se encontrou com a secretária de Estado americana, Condoleezza Rice.

O governo dos Estados Unidos tem demonstrado apoio a Abbas, depois que a Autoridade Palestina, liderada por ele, perdeu o controle da Faixa de Gaza para o grupo Hamas.

Na quarta-feira, Bush havia se encontrado com o rei Abdullah, da Jordânia. O rei pediu que o presidente americano apresse as negociações para formação de um Estado palestino.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG