Hamas nega acusações de Israel sobre troca de presos

O Hamas negou nesta terça-feira ter endurecido a posição nas negociações sobre uma troca de presos com Israel, como afirmou o primeiro-ministro israelense Ehud Olmert, e atribuiu o bloqueio à intransigência de Israel.

AFP |

O representante do movimento islamita palestino no Líbano, Usama Hamdan, afirmou que os dois representantes israelenses que participaram nos últimos dias nas negociações no Cairo "não propuseram nada novo".

"Israel acredita que o Hamas aceitará menos que o mínimo sob a pressão da posse do novo governo israelense dirigido por Benjamin Netanyahu, que pode não estar disposto a realizar uma troca", afirmou.

As negociações giram em torno da libertação do soldado israelense Gilad Shalit, em poder do Hamas em Gaza desde junho de 2006, em troca de centenas de palestinos presos nas penitenciárias de Israel.

bur-ezz/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG