Hamas mobiliza forças em Gaza para impedir ataques a Israel

Gaza, 5 mai (EFE).- O movimento islâmico Hamas mobilizou suas forças nas áreas fronteiriças da Faixa de Gaza para impedir o lançamento de foguetes e bombas contra Israel, disseram hoje testemunhas.

EFE |

As fontes disseram que os efetivos leais ao grupo islâmico, com o uniforme da Segurança Nacional do Hamas, inspecionam veículos e solicitam a identidade das pessoas que viajam em direção aos arredores das cidades e principais povoações de Gaza, especialmente no norte do território, de onde os foguetes costumam ser disparados.

As autoridades do Hamas, que governa a Faixa de Gaza desde junho de 2007, quando assumiu o controle do território pela força, não quiseram fazer declarações a respeito.

A mobilização de efetivos do Hamas nos arredores das cidades de Gaza ocorre depois que o chefe do escritório político do grupo, Khaled Mashaal, que mora em Damasco, disse que, por enquanto, o movimento decidiu suspender os ataques contra Israel.

Em uma entrevista ao jornal "The New York Times", Mashaal acrescenta que o Hamas estaria disposto a manter um cessar-fogo com Israel de dez anos.

As declarações do dirigente do Hamas ocorrem depois das informações que surgiram na imprensa local de que o Egito teria recebido uma carta de Israel advertindo o movimento islâmico sobre uma eventual operação militar em Gaza, se continuasse o disparo de foguetes a partir deste território.

Durante o fim de semana passado, as milícias palestinas dispararam pelo menos cinco foguetes e bombas contra solo israelense, ações que foram respondidas pela Aviação de Israel com ataques que tiveram como alvo túneis de contrabando que ligam Gaza ao Egito. EFE sar-db/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG