A Casa Branca declarou nesta terça-feira que antes de aceitar um diálogo com Hamas e Hezbollah, os dois movimentos devem reconhecer Israel e renunciar à violência.

O presidente Barack Obama deseja se envolver com força na busca de uma paz duradoura para o Oriente Médio, mas "estas organizações devem fazer certos esforços e assumir responsabilidades antes que esta administração comunique sua decisão", destacou Robert Gibbs, porta-voz da Casa Branca.

Gibbs se referia ao direito de existência de Israel e à renúncia ao terrorismo.

A Grã-Bretanha informou na semana passada que autorizou contatos de funcionários com o Hezbollah.

lal/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.