Hamas e Fatah estudam proposta egípcia de reconciliação

Gaza, 14 out (EFE).- O movimento nacionalista palestino Fatah e o movimento islâmico Hamas estão estudando uma proposta do Cairo para resolver suas diferenças e iniciar um diálogo nacional que torne possível a reconciliação das facções palestinas.

EFE |

Mahmoud Zahar, um alto funcionário do Hamas na Faixa de Gaza, disse hoje que seu movimento aceitou a maior parte da proposta de reconciliação egípcia, enquanto Riad al-Maliki, ministro da Informação do Fatah, disse que "a Autoridade Nacional Palestina (ANP) está estudando a iniciativa e dará sua resposta".

Após se encontrarem separadamente com delegações de 12 facções nas últimas semanas, as autoridades egípcias elaboraram um plano para colocar fim à instabilidade e divisão política nos territórios palestinos.

O texto inclui propostas para a formação de um novo Governo, a preparação de eleições, a reforma das forças de segurança e a reconstrução da Organização para a Libertação da Palestina (OLP), afirmou esta semana o jornal palestino "Al Quds".

Também prevê a restauração da situação política na Faixa de Gaza anterior à tomada deste território pelo Hamas, em junho de 2007.

O diálogo nacional colocará na mesa de negociação representantes do Fatah e do Hamas pela primeira vez desde aquela data.

O Egito também pede que os dois grupos acabem imediatamente as contínuas detenções de partidários do partido rival em seus territórios, e pede que os respectivos líderes se reúnam em breve no Cairo. EFE sar/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG