Hamas diz que vai se aliar a Irã em caso de ataque de Israel

TEERÃ (Reuters) - O líder do Hamas, Khaled Meshaal, disse na terça-feira que os grupos militantes islâmicos vão se unir ao Irã caso o país persa seja atacado por Israel, informou a televisão estatal iraniana. Todos os grupos militantes islâmicos formarão uma frente unida com o Irã contra Israel se o Estado judeu atacar o Irã, disse Meshaal durante coletiva de imprensa.

Reuters |

"Somos todos partes de um mesmo corpo... Todos devemos lutar contra o inimigo mútuo... Mas os líderes decidirão como isso será feito, baseando-se em nossas capacidades".

Israel disse que está estudando todas as opções para forçar o Irã a interromper seu programa nuclear.

Meshaal disse que Israel é uma ameaça para o Oriente Médio.

"Deus queira que uma resistência regional tenha a capacidade de enfrentar este perigo", disse Meshaal, em coletiva transmitida pela televisão.

O Hamas venceu as eleições parlamentares palestinas em 2006, derrotando o secular Fatah, mas foi impedido de assumir o poder. O grupo tomou o controle da Faixa de Gaza em 2007.

(Por Parisa Hafezi)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG