Hamas diz que posição de Netanyahu sobre Estado palestino pode gerar guerra

Beirute, 1 abr (EFE).- O representante do Hamas no Líbano, Osama Hamdan, advertiu hoje de que a rejeição do novo Governo israelense do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu ao processo de Annapolis pode originar mais guerras e crise no Oriente Médio.

EFE |

"O fato de o Governo extremista de direita começar assim indica que a região poderia se encaminhar a mais guerras e crise", disse Hamdan à Agência Efe sobre a rejeição do novo Executivo israelense ao processo de Annapolis, promovido em novembro de 2007 nos Estados Unidos para a criação de um Estado palestino. EFE ks/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG