Hamas diz que libertação de Shalit já não é mais prioridade para Israel

Israel desistiu de exigir a libertação do cabo Gilad Shalit como condição para levantar o bloqueio imposto à Faixa de Gaza, afirmou na noite desta quinta-feira um dirigente do Hamas, Ayman Taha.

AFP |

Ele explicou que o soldado, csapturado em 2006, já não constitui mais uma prioridade para Israel.

A libertação do soldado Shalit vinha sendo uma das condições impostas por Israel para suspender o bloqueio da Faixa de Gaza.

se/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG