Gaza, 4 jun (EFE).- O porta-voz do Hamas em Gaza, Fawzi Barhum, afirmou que o discurso hoje do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no Cairo, onde o líder americano reiterou a necessidade de criar um Estado palestino, é diferente ao de seus antecessores na Casa Branca.

"É um discurso cheio de cortesia e de diplomacia suave, diferente ao de anteriores presidentes dos Estados Unidos", reconheceu Barhum, em declaração à imprensa local.

O porta-voz do Hamas sentiu falta, no entanto, de que "Obama falasse sobre a escolha democrática do povo palestino", em alusão à vitória do movimento islâmico nas eleições de 2006, últimas convocados nos territórios palestinos.

"O discurso não incluiu passos práticos para pôr fim à agressão de Israel e ao bloqueio imposto em Gaza há três anos", acrescentou Barhum, que considerou que o discurso de Obama esteve cheio de "desejos, esperanças e boas palavras".

"Os desejos, esperanças e boas palavras não são suficientes perante a agressão israelense", concluiu o porta-voz do Hamas. EFE sar-amg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.