Hamas detém dezenas de membros do Fatah após sete mortes

Gaza, 26 jul (EFE).- O movimento islamita Hamas, que controla a Faixa de Gaza, deteve dezenas de membros de sua facção rival, Fatah, após três atentados que mataram nesta sexta-feira cinco de seus milicianos, uma menina e um transeunte.

EFE |

Segundo fontes do Fatah, as forças de segurança do Hamas lançaram uma operação contra partidários e organizações beneficentes vinculadas ao partido do presidente palestino, Mahmoud Abbas, na qual foram confiscados documentos e computadores.

O Fatah atribui os ataques terroristas a problemas internos do movimento islamita, e entre os detidos estão um coronel que trabalha nos serviços de inteligência leais a Abbas e um cinegrafista da emissora de TV alemã "ARD".

A operação começou pouco depois que, após o anoitecer (hora local), uma potente bomba instalada no carro de um membro do braço armado do Hamas, as Brigadas de Ezedin al-Qassam, matasse cinco intergantes desta milícia e uma menina de oito anos em uma praia ao leste da Cidade de Gaza.

No começo da manhã desta sexta-feira, um grupo de desconhecidos perpetrou em questão de minutos um atentado em frente à casa de um líder do Hamas em Gaza e outro em uma cafeteria de Gaza, que matou um transeunte. EFE sar-mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG