Hamas denunciará Israel por roubo de órgãos de palestinos

Gaza, 27 jan (EFE).- O movimento islâmico Hamas denunciará Israel em tribunais internacionais por supostos roubos de órgãos de palestinos mortos pelo Exército israelense, informou hoje o ministro da Justiça em Gaza, Mohammed al-Ghul.

EFE |

O Governo do Hamas em Gaza lançou uma iniciativa para tentar recopilar dados e provas do suposto roubo de órgãos, disse o ministro, em entrevista coletiva em Cidade de Gaza.

"Publicamos anúncios nos jornais palestinos fazendo uma chamada aos cidadãos para que nos deem a informação que tiverem" sobre este assunto, disse Ghul.

O Ministério da Justiça, informou, está recopilando evidências "que indiquem que Israel roubou partes dos mártires mortos", a fim de "levar o caso às cortes internacionais".

Em dezembro do ano passado, o primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Salam Fayyad, ordenou também a abertura de uma investigação sobre as denúncias contra Israel pela extração de órgãos de cadáveres de palestinos sem a permissão da família.

O chefe do Governo com sede na cidade cisjordaniana de Ramala encomendou a investigação ao titular de Assuntos dos Prisioneiros, Issa Qarage, após a divulgação de uma reportagem no "Canal 2" da televisão israelense que denunciava a sistemática extração de órgãos nos anos 90 no Instituto de Medicina Legal de Abu Kabir, em Tel Aviv EFE sar-aca/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG