Hamas declara cessar-fogo de 7 dias para que Israel deixe Gaza

Gaza, 18 jan (EFE).- O Hamas declarou hoje um cessar-fogo de uma semana para que o Exército israelense se retire da Faixa de Gaza e os milicianos possam negociar com o Egito as condições de uma trégua estável.

EFE |

O movimento islâmico fez o anúncio em comunicado divulgado à imprensa, no qual destaca que a medida entra em vigor imediatamente e tem o apoio dos grupos armados que operam na região.

Segundo Ayman Taha, porta-voz do Hamas, as milícias palestinas aproveitarão o período de calma para enviar uma delegação ao Egito, onde esta pedirá "esclarecimentos" às autoridades sobre as condições para uma trégua duradoura.

Para colocar fim ao lançamento de foguetes contra Israel, o Hamas e os outros grupos armados da Faixa de Gaza exigem a retirada das tropas israelenses do território, a suspensão do bloqueio imposto em 2007 e a abertura das passagens fronteiriças.

Segundo o "Canal 10" da TV israelense, o anúncio do Hamas foi resultado das "fortes pressões" exercidas pelo presidente do Egito, Hosni Mubarak, sobre os líderes do movimento islâmico que vivem no exílio.

A trégua limitada do Hamas foi anunciada horas depois de o primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, ter declarado um cessar-fogo unilateral na madrugada deste domingo (noite de sábado no Brasil). EFE sar/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG