Hamas anuncia libertação de 20 presos do Fatah

Gaza, 20 jul (EFE).- O Governo do Hamas em Gaza anunciou hoje que, antes do fim do dia, num gesto de boa vontade, libertará 20 presos do movimento nacionalista Fatah, que controla a Cisjordânia e foi expulso da faixa territorial em meados de 2007.

EFE |

Em nota, o Ministério do Interior disse que a soltura dos detidos foi determinada pelo primeiro-ministro do Executivo islâmico, Ismail Haniyeh, às vésperas de uma das festividades muçulmanas.

"A decisão de Haniyeh será aplicada hoje e os 20 presos do Fatah serão soltos", disse à imprensa Sami Nofal, diretor do principal presídio de Gaza.

O Hamas e o Fatah se acusam mutuamente de inúmeras detenções de membros e simpatizantes da facção adversária nos territórios que controlam.

A espiral de detenções políticas começou em junho de 2007, quando o Hamas expulsou de Gaza as forças de segurança leais ao presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) e líder do Fatah, Mahmoud Abbas, em seis dias de violentos confrontos.

Mais de dois anos depois, os grupos, sob a mediação do Egito, negociam há meses uma reconciliação.

Ontem, foi anunciado que a próxima rodada de diálogo entre as partes foi adiada em um mês, para 25 de agosto. EFE sar/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG