Tamanho do texto

O movimento radical palestino Hamas, que controla a Faixa de Gaza, qualificou nesta quarta-feira o ataque com escavadeira em Jerusalém de resposta natural às agressões israelenses, mas informou que não tem nenhuma informação sobre os autores.

az-mel/fp