Hackers invadem e-mail do primeiro-ministro canadense

Toronto (Canadá), 22 set (EFE) - Um grupo de hackers invadiu o e-mail do primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, como ocorreu com a candidata republicana à Vice-Presidência dos Estados Unidos, Sarah Palin, informaram hoje fontes oficiais. No caso de Palin, os hackers tiveram acesso a uma conta pessoal no Yahoo!, enquanto no do conservador Harper foi violado o correio oficial. Hoje, o Escritório do primeiro-ministro disse que pediu à agência canadense encarregada de contra-espionagem eletrônica que investigue a invasão no sistema de e-mail de Harper. No domingo à noite, pouco depois que o Escritório do primeiro-ministro (OPM) enviou à imprensa em sua lista de mailing um comunicado no qual Harper condenava o atentado em Islamabad contra o hotel Marriott, os jornalistas receberam outras duas mensagens. O título da primeira, Por que não deveriam me temer, levantou suspeitas, já que, embora o país esteja em plena campanha eleitoral, é inusitado que o primeiro-ministro utilize seu e-mail institucional para enviar mensagens partidárias. Em linguagem coloquial, o texto da carta dizia: Meu objetivo é fazer do Canadá o 51º estado dos Estados Unidos e destruir o sistema de saúde do qual todos os canadenses gostam. Por favor, votem em mim, porque se fizerem isso, prometo que serão capazes de votar em (John) McCain em 2012, acrescentou o texto. A carta termina dizendo que consideramos todos com a palavra verde ofensivo, exceto o todo-poderoso ...

EFE |

Pode ser que isto lentamente conduza a aceitar a soberania de Québec?".

O título do e-mail aponta para o site www.kosovocompromise.com.

EFE jcr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG