expulsam jogadores de rede de games online - Mundo - iG" /

Hackers expulsam jogadores de rede de games online

A ferramenta online do videogame Xbox 360, o Xbox Live, está sendo atacada por hackers que vendem serviços para expulsar jogadores da rede. O serviço está ganhando popularidade entre jogadores que querem se vingar daqueles que os derrotaram em disputas online.

BBC Brasil |

Os hackers usam uma ferramenta já usada contra páginas na internet durante muitos anos, a que permite sobrecarregar o sistema com dados.

A Microsoft, por sua vez, afirma que está "investigando" o uso da ferramenta e acrescentou que os que forem flagrados usando este recurso serão expulsos do Xbox Live. Em janeiro, a companhia anunciou que o Xbox Live atingiu a marca de mais de 17 milhões de usuários.

"Nas últimas três ou quatro semanas, ocorreu um aumento no número de pessoas falando sobre e distribuindo estas coisas", afirmou Chris Boyd, diretor de pesquisa de malwares (programas que invadem os computadores sem o consentimento dos donos e que podem prejudicá-los, causando danos à máquina ou permitindo o roubo de informações) da consultoria Facetime Communications.

"Estamos investigando o uso malicioso de ferramentas do software que um hacker pode usar para tentar prejudicar a conexão de internet de um jogador do Xbox Live", disse a Microsoft em resposta ao aumento nos ataques.

"Este problema não está relacionado com o serviço Xbox Live, mas à conexão de internet do jogador", acrescentou. "O hacker pode também tentar interromper outros serviços de internet, como transmissão de vídeo ou navegação, usando as mesmas ferramentas."

"Esta atividade viola os Termos de Uso do Xbox Live e vai resultar na expulsão do Xbox Live e outras ações apropriadas", disse a Microsoft em um comunicado.

A companhia pediu que os jogadores que forem vítimas deste tipo de ataque entrem em contato com seus provedores de internet para tentar resolver o problema.

"A esperteza a respeito destas ferramentas do Xbox é que elas não atacam a própria rede Xbox Live", disse Chris Boyd.

Segundo Boyd, a ferramenta funciona ao explorar a forma com que a rede Xbox Live é estabelecida. Consoles de videogame que se conectam a esta rede enviam informações pela internet e, para isso, precisam de um endereço de IP.

E o que facilita ainda mais é o fato de os jogos via Xbox Live não precisarem de servidores particulares.

"Ao invés disso, são os próprios jogadores que hospedam muitos jogos do Xbox Live", disse.

Se os hackers conseguem descobrir o endereço de IP da pessoa que hospeda o jogo, podem usar muitos dos ataques que foram usados durante anos contra páginas na internet, acrescenta Boyd.

Um dos ataques mais populares para os especialistas em Xbox é o "Denial of Services", que sobrecarrega um endereço de IP com grandes quantidades de dados.

A sobrecarga é gerada por um botnet, grupo de computadores domésticos cujo controle foi assumido pelos hackers.

Quando este ataque é feito contra uma página, esta grande quantidade de dados sobrecarrega o site e faz com que ele não responda a visitantes verdadeiros.

Quando o ataque é voltado contra um dono de Xbox, pode bloquear seu acesso à rede pelo videogame e o expulsar do jogo.

    Leia tudo sobre: games

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG