A Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou nesta sexta-feira que não recomenda o uso de medicamentos antivirais a título preventivo contra a gripe H1N1, depois de constatar vários casos de resistência.

"Até agora, 28 vírus resistentes foram detectados no mundo", afirma um comunicado da OMS.

"Doze destes vírus resistentes aos medicamentos estavam associados ao uso de oseltamivir (comercializado com o nome de Tamiflu) com fins preventivos após uma exposição a pessoas infectadas ou a situações de risco", completa a nota.

dro/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.