Gwyneth Paltrow declara apóio a Obama e diz que EUA precisam de mudança real

Berlim, 22 abr (EFE).- A atriz americana Gwyneth Paltrow declarou hoje em Berlim seu apoio ao pré-candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos Barack Obama, que disputa com Hillary Clinton as eleições primárias de seu partido e afirmou que seu país precisa de uma mudança real.

EFE |

A intérprete, ganhadora de um Oscar por "Shakespeare Apaixonado" (1999) de John Madden, apresentou na capital alemã seu último trabalho, "Iron Man" (Homem de Ferro), no qual atua junto com os atores Robert Downey Jr. Jeff Bridges e Terrence Howard.

"Uma vitória eleitoral de Obama seria uma mensagem maravilhosa e demonstraria que a maioria dos americanos não está contente com o que fizemos ao mundo nos últimos oito anos", afirmou Paltrow.

Em relação ao seu último filme, a atriz disse que ficou "surpresa" ao receber o convite para fazer o papel de assistente do Homem de Ferro, que é interpretado nas telas por Downey Jr.

Ela disse que, embora não seja uma leitora habitual de quadrinhos, achou que não poderia recusar o convite "simplesmente por se tratar de um filme de ação".

Paltrow contou por fim que foi a oportunidade de trabalhar ao lado de atores do cacife de Downey Jr. Bridges e Howard o que acabou a convecendo de participar do projeto e adentrar no mundo da história em quadrinhos da Marvel Comics.

A atriz, casada com o cantor e vocalista do Coldplay, Chris Martin, mora em Londres com seu marido e seus dois filhos, Apple e Moses, onde se diz mais segura do assédio dos fotógrafos.

Segundo Paltrow, quando sai à rua com seus filhos, os paparazzi de Londres mantêm uma distância maior do que os de Los Angeles, onde segundo ela os fotógrafos são "malvados e perigosos". EFE nvm/fb ++ACE++:é:01005000:Arte, cultura e espetáculos:Cinema

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG