Gustav vira tempestade tropical depois de deixar mortos no Haiti e Dominicana

O furacão Gustav perdeu força nesta quarta-feira no Haiti, onde deixou cinco mortos, e segue em direção ao sudeste de Cuba e Jamaica já rebaixado a tempestade tropical.

AFP |

Na República Dominicana, oito pessoas morreram na madrugada passada em um bairro de Santo Domingo em um deslizamento de terra provocado pelo Gustav.

As vítimas eram todas da mesma família e estavam em um refúgio desde a passagem da tempestade Fay, há duas semanas, mas decidiram retornar para casa por considerar que o perigo havia passado.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) advertiu que o Gustav pode voltar a ganhar força na quinta-feira, ao sair do território haitiano. Segundo o último relatório do NHC, o Gustav estava 125 Km ao oeste de Porto Príncipe.

O Gustav passou pelo extremo oeste do Hauti, que há pouco mais de uma semana já havia sido afetado pela tempestade tropical Fay.

O furacão perdeu força e agora tem ventos de 95 km por hora.

As previsões nos próximos dias é que o Gustav pode atingir Cuba e Jamaica com fortes ventos e chuva.

Este é o terceiro furacão da temporada 2008 no Atlântico Norte, que vai de 1º de junho a 30 de novembro.

O furacão Fay atingiu o Caribe há pouco mais de uma semana e deixou 47 mortos ou desaparecidos no Haiti e 11 nos Estados Unidos.

bur-lt-ml/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG