Gustav deixa mais de cem mortos ao passar por EUA e Caribe

Autoridades do Estado americano da Louisiana anunciaram que o furacão Gustav provocou sete mortes na passagem pelas costas dos Estados Unidos na segunda-feira, elevando o saldo total a 103 mortos depois da passagem do fenômeno pelo Caribe.

AFP |

O balanço anterior da passagem do Gustav - que perdeu força e virou uma tempestade tropical depois de passar ao oeste de Nova Orleans - era de 77 mortos no Haiti, 96 no total no Caribe.

Autoridades citadas pela imprensa americana revelaram que quatro pessoas morreram em acidentes durante as operações de evacuação. Três feridos hospitalizados em estado crítico faleceram quando eram retirados dos centros médicos da região.

AP
AP
Carro é levado por enchente nas ruas de Nova Orleans

O governador da Louisiana, Bobby Jindal, afirmou no entanto que as informações sobre a morte dos três pacientes "não estão confirmadas".

O canal CNN informa em seu site que os pacientes faleceram quando aguardavam a chegada de ambulâncias aéreas para retirá-los do sul da Louisiana.

Já a emissora MSNBC informou a morte de oito pessoas na Louisiana.

Os fortes ventos e chuvas do Gustav afetaram as costas do golfo do México na segunda-feira, mas não romperam os diques que protegem a cidade de Nova Orleans, quase três anos depois da devastação provocada na mesma região pelo furacão Katrina.

Imagem de satélite mostra aproximação do Gustav / AFP

Leia mais sobre: furacões





    Leia tudo sobre: furacão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG