Pelo menos cinco pessoas morreram e outras sete ficaram feridas no sudeste do Haiti devido à passagem do furacão Gustav, informaram nesta terça-feira as autoridades locais.

"Duas pessoas morreram no sudeste no desabamento de suas casas, outra faleceu em circunstâncias ainda não esclarecidas", disse à AFP Alta Jean-Baptiste, diretora da Defesa Civil haitiana.

Outras duas pessoas morreram e sete ficaram feridas gravemente na explosão de uma casa, que pode estar ligada à passagem do furacão. Doze pessoas moravam no local, onde havia gasolina estocada, revelou Jean Michel Sabbat, responsável local da Defesa Civil.

Segundo Sabbat, Gustav destruiu várias casas, arrancou telhados e derrubou postes elétricos.

Centenas de pessoas foram levadas para albergues provisórios.

Gustav atingiu na tarde de terça-feira a costa sudoeste do Haiti, com ventos de até 150 km/h, segundo o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC).

cre/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.