Guitarrista do Black Sabbath faz tratamento com células-tronco na mão

O guitarrista da banda britânica Black Sabbath revelou em uma entrevista à BBC que está passando por um tratamento com células-tronco para tratar de uma lesão na mão. Tony Iommi, que tem 61 anos e toca há mais de 40, disse em um programa da Rádio 2 da BBC que teve que parar de tocar por um tempo para fazer o tratamento.

BBC Brasil |

"Tive este problema com minha mão e fiz este tratamento de células-tronco", afirmou. "A cartilagem (estava gasta entre) as juntas, e as juntas esfregavam umas nas outras. Era osso a osso e estava ficando um pouco doloroso."
Iommi usava uma proteção para a lesão na mão e também usou analgésicos e anti-inflamatórios.

Mas, estas medidas não funcionaram e o guitarrista então tentou o tratamento com células-tronco adultas, que podem restaurar músculos com problemas e ajudar a regenerar cartilagens.

"Este é o último tratamento, então vamos ver se funciona", afirmou.

Iommi é um dos fundadores do Black Sabbath, banda de Birmingham fundamental do gênero heavy metal e que contava com os vocais de Ozzy Osbourne.

A banda, formada em 1968, já vendeu mais de 100 milhões de álbuns e entre suas músicas mais conhecidas estão Iron Man e Paranoid.

O guitarrista, que é canhoto, já tinha sofrido um acidente nas mãos. Ele perdeu a ponta de dois de seus dados da mão direita em um acidente quando trabalhava como metalúrgico, aos 17 anos.

"No hospital me disseram para desistir da guitarra, mas eu voltei e fiz estes dedais, soldei para fazer uma ponta de dedo. Era uma versão mais bruta, mas ainda as uso hoje", disse.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG