Guiana ratifica adesão à Unasul

Quito, 12 fev (EFE).- O Governo da Guiana depositou o instrumento de ratificação ao Tratado Constitutivo da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), com o que confirmou a adesão ao bloco regional, informou hoje a secretaria da Presidência rotativa do grupo, em Quito.

EFE |

A Guiana se tornou assim o terceiro país, dos 12 que formam a União, em ratificar sua adesão à Unasul, depois de Bolívia e Equador.

A secretaria da Presidência temporária da Unasul, exercida pelo Equador, afirmou em comunicado divulgado nesta capital que a Guiana depositou ontem o instrumento de ratificação.

O texto está assinado pela ministra de Relações Exteriores guianense, Carolyn Rodrigues-Birkett, destaca o comunicado da secretaria.

A Unasul é integrada pelos 12 países sul-americanos: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela. EFE fa/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG