Guia Michelin divulga sua 100ª edição

Para sua 100ª edição, o Guia Michelin França honrou nesta segunda-feira com três estrelas o restaurante do palácio parisiense Bristol, onde trabalha o chefe Eric Fréchon, e a cidade de Arles com dois endereços que cultivam produtos orgânicos.

AFP |

"Achei que estuvess pronto, mas fiquei emocionado", reagiu Eric Fréchon ao receber as três estrelas, recompensa suprema do famoso guia gastronômico francês. "É um momento que não esquecerei nunca", acrescentou o chefe, 45 anos.

O chefe do Bristol, palácio situado não longe do Eliseu e que recebe clientes como o presidente Nicolas Sarkozy, é um fervoroso defensor da cozinha francesa que ele revisita com brio.

Nove estabelecimentos obtiveram duas estrelas. O britânico Gordon Ramsay, que voltou ao Trianon em Versalhes ano passado, teve sucesso: ele obteve duas estrelas, elevando a 12 o número total de estrelas do chefe em todo o mundo. Ramsay se disse honrado com a distinção.

Em Arles (sudeste), o Michelin recompensou dois chefes que cozinham com produtos orgânicos de seu próprio jardim: Jean-Luc Rabanel (duas estrelas) e Armand Arnal (La Chassagnette, uma estrela).

Rabanel, 45 anos, que foi o primeiro chefe "estrela orgânica", comemorou muito. No Atelier, 80% dos pratos serviços são feitos com mais de 100 variedades de legumes cultivados no jardim orgânico que fica a poucos quilômetros do restaurante.

Já o chefe do Auberge, Basque Cédric Béchade, lamentou abertamente o fato de o guia ter-lhe atribuído uma estrela contra sua vontade.

"A questão de saber se vamos mantê-la ou ganhar uma outra nos perturba todo ano durante dois meses de nossa missão", explicou Cédric Béchade que não quer também mudar seus preços.

Em Paris, o Jules Verne, restaurante emblemático da Tour Eiffel assumido por Alain Ducasse, obteve sua primeira estrela, elevando a 19 o número total de estrelas do chefe no mundo, contra 25 de Joël Robuchon, recordista na matéria.

O guia França 2009 tem um total de 548 estabelecimentos, dos quais 449 com uma estrela, 73 com duas estrelas e 26 com três estrelas.

Os "Bib Gourmands", as distinções que caracterizam cozinhas de bom custo-benefício são muitas, com 527 "bibs" a 86 novos, um recorde, bem-vindo em período de crise.

da/cn/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG