O restaurante do grande hotel parisiense Bristol, sob o comando do chef Eric Fréchon, obteve três estrelas na edição 2009 do guia gastronômico francês Michelin, apresentada nesta segunda-feira.

Eric Fréchon, de 45 anos, é o único chef que alcançou o ponto mais alto na classificação nesta edição de número 100 do célebre guia.

Nove restaurantes foram elevados à categoria de duas estrelas, entre eles La Mère Brazier de Lyon, do novo chef Mathieu Viannay.

O britânico Gordon Ramsay, que assumiu recentemente o Trianon de Versalhes, obteve a segunda estrela, o que leva para 12 o número de estrelas que este cozinheiro ostenta ao todo.

O Jules Verne, o restaurante gastronômico da Torre Eiffel, que foi assumido recentemente por Alain Ducasse, obtém sua primeira estrela. Com ela, o célebre chef francês totaliza 19 em seus diferentes restaurantes do mundo, o que não constitui um recorde, já que seu colega Joël Robuchon encabeça a lista dos cozinheiros mais premiados pela Michelin, com 25 estrelas.

A França totaliza 26 restaurantes três estrelas, o mesmo número que em 2008, já que, apesar de o Bristol entrar para a lista, um dos restaurantes três estrelas anterior, Les Maisons de Bricourt de Olivier Roellinger, fechou recentemente.

da.mc/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.