Guerrilha colombiana divulga provas de vida de 9 reféns

BOGOTÁ (Reuters) - Uma senadora colombiana divulgou nesta segunda-feira provas de vida de nove dos 24 efetivos das Forças Armadas sequestrados pelas Farc, nas quais os reféns saúdam suas famílias e pedem por um acordo entre a guerrilha e o governo que permita a libertação do grupo. As provas foram enviadas à senadora Piedad Córdoba, do opositor Partido Liberal, pela guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que buscam um acordo com o governo para a troca de policiais e militares por rebeldes presos.

Reuters |

No entanto, as posições radicais das partes têm impedido um fim ao drama dos reféns, alguns sequestrados há mais de 11 anos.

"O que acontece, não somos seres humanos? Por acaso somos animais? Aqui estão servidores públicos", afirmou o militar Arbey Delgado ao pedir ao presidente colombiano, Alvaro Uribe, a negociação de um acordo humanitário com a guerrilha.

(Reportagem de Luis Jaime Acosta)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG