Washington, 17 jul (EFE).- A Guerra do Iraque lidera as preocupações dos jovens hispânicos nos Estados Unidos, segundo estudo divulgado pelo programa Democracia USA.

Foram divulgados os resultados de sua última pesquisa nacional, que avalia as reações e atitudes dos eleitores jovens hispânicos a respeito das eleições presidenciais americanas.

Segundo o diretor da organização, Jorge Mursuli, a guerra ocupa a primeira posição entre os temas mais importantes para este grupo, com um índice de 52%, pois "a maioria deles têm algum tipo de relação com os soldados americanos que se encontram em missões no Iraque ou no Afeganistão".

Em segundo lugar, estão o desemprego e a economia, citados por 42% dos entrevistados. Em seguida, vêm a assistência sanitária e imigração, lembradas por 24%.

Cada eleitor pôde escolher mais de uma opção na pesquisa.

A discriminação se destacou significativamente como um problema de grande magnitude para os eleitores hispânicos jovens.

Para 90% dos entrevistados, existe "muita" ou "alguma discriminação" com os latinos do país.

O estudo também ressalta o grande interesse na campanha presidencial de 2008, o que se traduz no percentual dos hispânicos que acompanharam o assunto com muita atenção, cerca de 75%. E 85% acreditam que estas serão as eleições mais importantes na história do país. EFE ag/rb/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.