Guatemala descarta 18 casos suspeitos de gripe suína

Guatemala, 3 mai (EFE).- As autoridades sanitárias da Guatemala descartaram 18 casos suspeitos de gripe suína, e atualmente analisam mais seis casos em nível nacional, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Waleska Zeceña, diretora do Centro Nacional de Epidemiologia da Guatemala, disse a jornalistas que, ao longo da semana, foram feitos exames em 18 pessoas que apresentavam os sintomas da doença, e todos deram negativo.

Por enquanto, disse Zeceña, estão sendo investigados outros seis casos de pacientes que fizeram os testes médicos correspondentes para estabelecer a origem de sua doença.

Segundo o Ministério da Saúde guatemalteco, apesar da proximidade geográfica com o México, país onde começou a epidemia, a Guatemala conseguiu manter afastado o vírus da gripe suína, graças às medidas sanitárias adotadas desde o alerta sobre o risco.

A Guatemala mantém cordões sanitários nas zonas fronteiriças com o México, assim como um estrito controle sobre os passageiros que chegam da América do Norte, como uma medida de prevenção para evitar que a doença entre e se propague no país. EFE cual/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG