Guatemala confirma 3º caso da gripe no país

Guatemala, 8 mai (EFE).- O ministro de Saúde guatemalteco, Celso Cerezo, anunciou hoje que duas jovens que moram na capital tiveram resultado positivo nos exames para detectar a gripe suína, elevando para três o número de infectados no país.

EFE |

Cerezo disse aos jornalistas que as duas mulheres, de 19 e 21 anos, foram internadas em um hospital e estão sendo medicadas com antivirais.

Elas teriam contraído a doença após entrar em contato com pessoas procedentes do México.

O primeiro caso da gripe na Guatemala, revelado na terça-feira, é o de uma menina de 11 anos recém-chegada do México, a qual, segundo as autoridades, respondeu bem ao tratamento com antivirais, e está isolada em processo de recuperação.

Em mensagem à nação, o presidente Álvaro Colom recomendou a suspensão de todas as atividades que causem aglomerações, sugeriu aos governadores departamentais e prefeitos municipais suspender as atividades que considerarem desnecessárias e convidou o setor privado a ajudar a combater a doença.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ca/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG