Os Guardiães da Revolução, o corpo de elite da República Islâmica do Irã, advertiu nesta quinta-feira que reprimirá qualquer manifestação de opositores ao presidenet Mahmud Ahmadinejad no dia anual de apoio aos palestinos, que acontece nesta segunda-feira, segundo a agência Irna.

"Avisamos ao povo e aos movimentos que quiserem ajudar o regime sionista que se promoverem distúrbios ou perturbações durante a gloriosa concentração de Qods (Jerusalém), vão enfrentar um confronto decisivo com os corajosos filhos do Irã", indicaram os Guardiães em um comunicado.

Milhares de iranianos devem sair às ruas de Teerã por ocasião do Dia de Qods em apoio aos palestinos, manifestação anual decretada pelo imã Ruhola Khomeini no início da revolução islâmica em 1979.

fpn-jds/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.