Guarda Costeira italiana intercepta 239 imigrantes perto da ilha de Lampedusa

Roma, 7 abr (EFE).- A Guarda Costeira italiana interceptou quatro balsas com 239 imigrantes ilegais a poucas milhas da ilha de Lampedusa, considerada uma das principais portas de entrada do país, informaram autoridades locais à Agência Efe.

EFE |

A chegada dos imigrantes começou de madrugada, quando 26 estrangeiros em situação irregular foram interceptados numa embarcação improvisada 20 milhas ao sul de Lampedusa.

Já na tarde desta terça-feira, outra balsa, com 86 imigrantes ilegais, entre eles seis mulheres, foi interceptada cerca de dez milhas ao sul de Lampedusa.

Minutos depois, uma outra barca foi avistada, desta vez com 51 imigrantes, e, mais tarde, mais 76 estrangeiros, entre eles 14 mulheres, foram detidos numa balsa que tentava chegar à costa italiana.

No último fim de semana de março, mais de 200 estrangeiros ilegais já tinha sido resgatos pelas autoridades quando a embarcação em que estavam naufragou em frente ao litoral líbio. EFE mcs/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG