Guarda Costeira dos EUA contabiliza 175t de cocaína apreendida em 2009

Miami, 29 jan (EFE).- A Guarda Costeira dos Estados Unidos informou hoje que confiscou 175 toneladas de cocaína e 35 toneladas de maconha, avaliados em US$ 5 bilhões em 2009.

EFE |

Realizadas em parceira com agências governamentais, as apreensões resultaram na detenção de 322 indivíduos, disse o almirante Thad Allen, comandante da Guarda Costeira e presidente do comitê de política de interceptação do Escritório Nacional de Controle de Drogas.

"Estou satisfeito de anunciar outro bem-sucedido ano para nossos esforços interagências e com associações internacionais para prender traficantes de drogas em alto mar", expressou o militar na base aérea de Clearwater, no litoral oeste do estado da Flórida.

No ano passado, a Guarda Costeira americana participou de 123 operações de interceptação nas quais 58 embarcações foram expropriadas.

Allen destacou entre as operações uma realizada em março que levou a recuperação de 7.518 quilos de maconha depois que um avião da patrulha marítima da Guarda Costeira avisasse à tripulação de um de seus navios que havia uma embarcação suspeita no litoral do Pacífico.

Além de confiscar, os agentes detiveram quatro pessoas que foram entregas às autoridades do México.

Em julho, quatro lanchas rápidas foram interceptadas no leste do Pacífico e 1.498 quilos de cocaína foram apreendidos.

Mais cinco toneladas da droga estavam em uma embarcação semissubmergível tripulada por quatro pessoas, mas o almirante não detalhou a localização da operação.

A maioria das patrulhas antidrogas ocorreu no mar Caribe e no oceano Pacífico pela Guarda Costeira, a Marinha, a Patrulha de Fronteiras e embarcações de países aliados que operam com na força especial, localizada em Key West, no extremo sul da Flórida. EFE sob/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG