Grupos de sem-teto protestam perante Congresso paraguaio

Assunção, 24 jun (EFE) - Centenas de integrantes de grupos de sem-teto do Paraguai fizeram hoje um protesto perante a sede do Congresso em Assunção para exigir a rejeição de um projeto de lei no qual as reivindicações do movimento não teriam sido incluídas.

EFE |

Os sem-teto, ocupantes irregulares de propriedades privadas em Assunção, voltaram a se reunir hoje ao redor do Congresso para exigir que a Câmara dos Deputados rejeite a criação de Fundo Nacional para a Moradia Social (Fonavis), ao argumentar que não foram incluídos na lista de beneficiados.

Os manifestantes também marcharam até a sede da Secretaria de Ação Social (SAS), a poucas quadras do Parlamento, o que gerou engarrafamentos na hora do rush no centro da capital paraguaia.

Os sem-teto exigiram ainda que as autoridades da SAS destinem US$ 51 milhões para a construção de 50 mil casas populares.

Os dirigentes dos movimentos anunciaram que voltarão a protestar na próxima quinta-feira perante o Congresso, que, na ocasião, terá sua última sessão antes do juramento, em 1º de julho, dos novos integrantes do Parlamento.

A manifestação aconteceu em um momento em que o Congresso bicameral declarou sem quórum a sessão para analisar a renúncia apresentada na véspera pelo chefe de Estado, Nicanor Duarte.

O presidente renunciou quase dois meses antes de assumir o cargo o novo governante eleito, o ex-bispo Fernando Lugo. EFE rg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG