Grupo saqueia carga de ajuda humanitária para palestinos de Gaza

Cairo, 2 jul (EFE).- Um grupo de vândalos saqueou uma carga de ajuda humanitária para a população da Faixa de Gaza, que estava no estádio da cidade egípcia de Arish, próxima à fronteira, informaram hoje à Agência Efe várias testemunhas.

EFE |

Essa ajuda, doada pelo Crescente Vermelho egípcio e por outras organizações civis, calculada em 10 mil toneladas, permanecia no estádio de Arish porque o Egito não permitiu, há seis meses, que fosse levada a Gaza.

O jornal egípcio independente "Al Dustour" afirma, em uma reportagem, que os materiais reunidos no estádio da cidade, situada no litoral mediterrânea da Península do Sinai, foram roubados na terça-feira à noite.

"O saque começou quando um grupo de arruaceiros invadiu o estádio durante várias horas, apesar da presença de um grande número de policiais e de membros das forças de segurança", afirmou o jornal.

Os materiais roubados incluem remédios, alimentos e outros artigos doados pelo Egito e por outros países árabes, segundo o jornal.

No entanto, o diretor do Centro de Imprensa do Governo em Arish, Musad Badawi, disse à Agência Efe que "os materiais doados pelo Crescente Vermelho egípcio e outras organizações foram distribuídos à população de Arish, seguindo as ordens do governador para que se beneficiem deles antes que vençam".

O Egito mantém fechado o ponto fronteiriço de Rafah desde junho de 2007, depois que os militantes do Hamas tomaram o poder na Faixa de Gaza após expulsar as forças do Fatah. EFE nq-mv/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG