Grupo reunido em frente à clínica de Eluana chora sua morte

Roma, 9 fev (EFE).- O grupo de pessoas reunido em frente à clínica La Quiete, em Udine, onde morreu hoje às 20h10 locais (17h10 de Brasília) Eluana Englaro, chorou e aplaudiu a italiana ao saber de seu falecimento, informou a imprensa local.

EFE |

Os reunidos em frente à clínica também aplaudiram Eluana ao serem informados de sua morte.

Por causa das manifestações, a Polícia local teve de intervir, mas em seguida o silêncio voltou às proximidades da clínica.

As cercanias da clínica La Quiete recebeu pessoas dos dois grupos que se posicionaram sobre a morte de Eluana, os favoráveis à interrupção de sua alimentação e os que defendiam que ela deveria ser mantida com vida. EFE fab/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG