Grupo radical xiita anuncia adesão a processo de reconciliação iraquiano

Bagdá, 3 ago (EFE).- O grupo radical xiita iraquiano Asaib Ahl al-Haq proclamou sua adesão ao processo de reconciliação nacional, depois de se reunir com o primeiro-ministro do Iraque, Nouri al-Maliki, informou hoje a televisão oficial.

EFE |

Maliki recebeu no domingo à noite o xeque Abd al-Hadi al-Darraji, líder desta facção e que antes foi um dos porta-vozes do carismático clérigo antiamericano Moqtada al-Sadr.

Em declaração, emitida pelo canal "Al-Iraquiya", após a reunião, que ocorreu ontem à noite, Darraji mostrou seu apoio ao atual Governo do Iraque.

"Haverá um respaldo ao Governo iraquiano e ao andamento do processo e ao país, com a fé que o Iraque está em uma situação de mudança e na direção adequada", disse.

Segundo ele, "a resistência não foi dirigida contra os iraquianos, nem se manchou com sangue iraquiano, ao mesmo tempo em que o Governo defendeu a soberania do Iraque, esta é uma das exigências da resistência".

Este grupo anunciou, em março, que libertaria os cinco britânicos que mantém sequestrados, em troca da liberação de dez de seus dirigentes que estão em prisões administradas pelos EUA.

O próprio Darraji foi libertado pelos EUA dentro de um acordo político, anunciou a imprensa local na época. Trata-se do quarto dirigente do Asaib Ahl al-Haq liberado nos últimos tempos.

Foi detido por tropas americanas em janeiro de 2007, acusado de estar envolvido em sequestros, tortura e assassinatos.

O porta-voz do Governo iraquiano, Ali al-Dabbagh, manifestou sua satisfação com a reunião deste grupo radical xiita e o primeiro-ministro.

Maliki e Darraji analisaram a situação dos presos deste grupo que continuam nas prisões do Iraque, acrescentou.

A comissão de acompanhamento do processo de reconciliação nacional afirmou, no início de abril, que o Governo dialogará com aqueles que apoiarem o processo e que estiverem dispostos a abandonar as armas e repudiar a violência. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG