Grupo que sequestrou estrangeiros em Níger exige resgate

Argel, 28 mar (EFE).- O grupo que supostamente sequestrou dois diplomatas canadenses em dezembro e quatro turistas ocidentais em janeiro em Níger exigiu um resgate e a libertação de 20 ativistas presos em diferentes países do Magrebe, segundo o jornal argelino El Khabar.

EFE |

A publicação, que não revela o valor do resgate exigido nem a identidade dos ativistas cuja libertação é requisitada, lembra hoje que a organização terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) assumiu a autoria do sequestro em fevereiro.

Em 23 de março, a ONU confirmou a libertação do motorista do carro no qual estavam os dois diplomatas canadenses, que trabalhavam para o organismo multilateral quando foram sequestrados, em 14 de dezembro, no interior de Níger. EFE sk/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG