DUBAI (Reuters) - Um grupo islâmico pouco conhecido assumiu a responsabilidade pelo ataque ao hotel Marriott, em Islamabad, informou o canal Arabiya na segunda-feira. O grupo, chamado de Fedayeen Islam (Partidários do Islã), chamou o correspondente da Arabiya na capital paquistanesa e fez várias exigências, entre elas a de que o Paquistão pare de colaborar com os Estados Unidos, segundo a Arabiya.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.