Grupo paramilitar sofre baixa de 112 rebeldes na Colômbia

Bogotá, 20 mai (EFE).- Um total de 112 membros dos Los Rastrojos, um grupo paramilitar criado por um traficante de drogas colombiano assassinado há um ano na Venezuela, se entregaram hoje a tropas do Exército em uma região de selva localizada no oeste do país, informaram as autoridades.

EFE |

Os rebeldes se entregaram em Nuquí, no litoral do oceano Pacífico, afirmou o ministro da Defesa, Juan Manuel Santos, em visita à base militar de Tolemaida, no centro da Colômbia.

Os paramilitares se entregaram após serem pressionados por operações do Exército e da Marinha, afirmou o funcionário, que destacou que os 112 foram recebidos por unidades da 17ª Brigada do Exército em Nuquí, localidade do departamento de Chocó, oeste.

O grupo foi criado por Wilber Varela, chefe mafioso conhecido como "Jabón", que foi assassinado no começo do ano passado em um ponto turístico venezuelano. EFE jgh/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG