Grupo internacional elogia avanços em independência do Kosovo

Viena, 27 fev (EFE).- O Grupo Internacional de Supervisão do Kosovo, reunido em Viena, elogiou hoje o progresso conquistado pelas autoridades locais em seu processo de integração com a Europa.

EFE |

"O Kosovo se encontra em direção a seu futuro euro-atlântico, mas ainda terá de enfrentar desafios", assinalou Pieter Feith, Representante Internacional Civil para a ex-província sérvia.

"A economia precisa de mais reformas, o Kosovo não pode ficar isolado na atual crise. O melhor seria assegurar mais privatizações, em particular no setor energético", manifestou o diplomata holandês em entrevista coletiva em Viena.

Segundo Feith, o Kosovo demonstrou nestes 12 meses de independência ser um "parceiro responsável que fornece estabilidade à região".

O Grupo Internacional de Supervisão, composto por 25 países que reconheceram a independência do Kosovo, tem como objetivo supervisionar o cumprimento do chamado "Plano Ahtisaari".

Esse plano, apresentado no começo de 2007 pelo então mediador internacional Martti Ahitisaari, prevê uma soberania tutelada do Kosovo, uma ideia que foi rejeitada por Belgrado nas negociações com Pristina, o que conduziu à proclamação unilateral da independência, no dia 17 de fevereiro do ano passado.

Feith destacou hoje que a comunidade internacional está trabalhando junto com todas as comunidades étnicas do jovem Estado para conseguir a reconciliação, "um processo longo", no qual espera a ajuda dos países vizinhos.

"Esperamos que Belgrado tenha um papel construtivo no processo de reconciliação. Belgrado deveria ajudar a missão civil (da União Europeia) Eulex", disse Feith.

Esta missão, composta por aproximadamente dois mil especialistas, substituiu a missão da ONU no Kosovo (Unmik) e tem como objetivo assessorar os kosovares na construção de um Estado de Direito. EFE jk/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG