Washington, 31 mar (EFE).- O chefe do grupo terrorista Emirados Islâmicos do Cáucaso, Dokou Oumarov, reivindicou por meio de um vídeo os atentados suicidas cometidos em Moscou na segunda-feira, informou hoje o Centro Americano de Vigilância de Sites Islamitas (Site).

Segundo o centro, Oumarov reivindicou a responsabilidade pelos atentados, que deixaram 39 mortos, em um vídeo de 4 minutos e 27 segundos gravado em 29 de março e postado no YouTube. EFE elv/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.