Grupo do Rio aprova entrada de Cuba como membro pleno

México, 13 nov (EFE).- Cuba foi aprovada hoje como membro pleno do Grupo do Rio, mecanismo político criado em 1986 do qual a ilha nunca tinha participado, disseram à Agência Efe fontes da Chancelaria mexicana.

EFE |

A inclusão de Cuba foi aprovada na 227ª reunião de chanceleres do organismo que reúne membros de América Latina e Caribe, realizada hoje em Zacatecas, no centro do México.

A medida antecipada pelas fontes, que amplia de 22 para 23 o número de nações que formam o Grupo do Rio, será detalhada quando o encontro terminar.

"Cuba ingressa como membro de pleno direito ao Grupo do Rio", disseram de forma breve as fontes em alusão à medida, surpreendente, sobretudo, pelo fato de que não se tinha feito menção ao assunto antes do início do encontro de Zacatecas.

O objetivo da reunião de chanceleres era o debate sobre o futuro das relações de América Latina e Caribe com os EUA, após as eleições americanas que levaram Barack Obama ao poder.

O Grupo do Rio é formado por Brasil, Argentina, Belize, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela. EFE ra/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG