Grupo de opositores birmaneses é condenado após participáção em protesto

Bangcoc, 16 ago (EFE).- Cinco membros da oposição birmanesa pró-democracia foram condenados a dois anos e seis meses de prisão cada um por terem organizado este mês uma manifestação contra a Junta Militar de Mianmar (antiga Birmânia).

EFE |

No último dia 8, agentes das forças de segurança detiveram cinco membros da Liga Nacional pela Democracia que participavam de uma passeata com outros 48 jovens na cidade de Taungup, no oeste do país.

As penas foram anunciadas ontem, a três dias da chegada do enviado especial da ONU para Mianmar, Ibrahim Gambari, que tenta promover uma reforma democrática e libertar os presos políticos no país.

Segundo Thein Naing, porta-voz da Liga Nacional pela Democracia, partido liderado pela prêmio Nobel da Paz de 1991, Aung San Suu Kyi, outros 15 manifestantes foram detidos junto com os cinco condenados, mas foram liberados dias depois. EFE grc/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG