Grupo de 60 feridos em terremoto no Haiti chega aos EUA

Miami, 26 jan (EFE).- Cerca de sessenta pessoas que ficaram feridas por causa do forte terremoto ocorrido no Haiti há duas semanas chegaram hoje ao estado da Flórida (EUA) e foram imediatamente levadas para hospitais da região.

EFE |

O grupo de haitianos, que inclui um bebê de três meses e outras cinco crianças, chegou ao aeroporto internacional da cidade de Fort Lauderdale em um avião militar, e não é o primeiro a ser recebido no estado americano.

Até a quinta-feira passada, os hospitais Jackson Memorial e Broward General Medical Center, ambos localizados no sul da Flórida, tinham recebido cerca de 100 feridos, alguns deles em estado grave.

"Vamos continuar recebendo mais pacientes nos próximos dias, em grupos pequenos na maior parte das vezes", disse à Agência Efe Trish Power, relações públicas do hospital Broward General.

Estima-se que cerca de 3 milhões de haitianos ficaram desabrigados por causa do devastador terremoto de 7 graus na escala Richter que atingiu o Haiti, a nação mais pobre das Américas, no último dia 12.

O ministro do Interior do país caribenho, Antoine Bien-Aimé, confirmou hoje que o número de mortos no terremoto de 12 de janeiro é de cerca de 150 mil e que 700 mil pessoas estão desabrigadas.

Bien-Aimé lembrou que ainda há muita gente sob os escombros, especialmente na região metropolitana. EFE.

emi/id

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG