Grupo cristão critica novo logotipo da Starbucks

Los Angeles (EUA), 15 mai (EFE).- Um grupo cristão de San Diego denominado The Resistance criticou o novo logotipo da rede americana de cafeterias Starbucks, que contém a imagem de uma sereia com duas caudas.

EFE |

Para Mark Dice, fundador do grupo, o logotipo inclui o desenho de uma "sereia nua com as pernas abertas, tal qual uma prostituta. É preciso dizer mais alguma coisa?".

Um comunicado do líder, publicado no site oficial do grupo, incentiva o boicote à rede de cafeterias.

Dice afirmou que se trata de uma imagem de "extremo mau gosto" e ironizou a situação com um trocadilho, ao afirmar que a rede deveria se chamar "Slutbucks". O termo "slut" significa "mulher vulgar".

O novo logotipo é similar ao original, utilizado quando a Starbucks inaugurou sua primeira loja em 1971 na cidade de Seattle.

A principal diferença do desenho atual é que a sereia não esconde mais os seios com os longos cabelos.

A explicação para o logotipo original foi publicada no livro "Pour Your Heart into It: How Starbucks Built a Company One Cup at a Time", escrito pelo presidente da companhia, Howard Schultz.

Segundo a obra, Terry Heckler, um dos fundadores, consultou vários livros sobre velhos marinheiros até chegar a uma imagem do século XVI, que mostrava uma sereia com duas caudas.

"Essa sereia, com influência de (Peter Paul) Rubens e com os seios à mostra, devia ser tão sedutora quanto o próprio café", escreveu Schultz. EFE mg/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG