Grupo armado mata prefeito na região norte do México

Um grupo armado assassinou na noite de quarta-feira Ramón Mendívil, prefeito do município de Guadalupe e Calvo (norte do México), e um segurança no estado de fronteira de Chihuahua, o mais violento do país.

AFP |

O ataque coincidiu com a segunda visita em uma semana do presidente Felipe Calderón a Ciudad Juárez, em Chihuahua, que faz fronteira com os Estados Unidos e fica 600 km ao norte de Guadalupe e Calvo.

O prefeito retornava de uma cerimônia na cidade de Chihuahua, capital do estado, quando o veículo dele foi metralhado por um grupo de seis homens, segundo uma fonte da justiça estadual que pediu anonimato.

Mendívil e o segurança foram atingidos pelos tiros e o carro bateu contra outro veículo.

Horas antes, um grupo armado matou três policiais em uma localidade serrana de Guadalupe e Calvo, mas não foi estabelecida uma relação entre os ataques.

Na quarta-feira, o presidente Calderón se reuniu com autoridades e representantes da sociedade civil para avaliar a situação em Ciudad Juárez, a localidade mais violenta do México, que registrou 2.660 assassinatos em 2009, atribuídos na maioria aos confrontos entre os cartéis de drogas.

Leia mais sobre México

    Leia tudo sobre: méxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG