guerra do petróleo - Mundo - iG" /

Grupo armado da Nigéria afirma ter iniciado guerra do petróleo

ABUJA - O principal grupo armado da zona petroleira do sul da Nigéria, o Movimento para a Emancipação do Delta do Níger (MEND), afirmou neste domingo ter iniciado uma guerra do petróleo depois dos ataques das forças governamentais. O grupo ameaçou todos os navios petroleiros que se aproximam da região.

Redação com agências |

"Depois de uma advertência anterior contra qualquer ataque contra nossas posições, o MEND lançou uma guerra do petróleo em conseqüência dos ataques, não provocados, por mar e terra das forças armadas nigerianas em 13 de setembro", disse um e-mail da organização.

O Movimento pela Emancipação do Delta do Níger afirmou que já destruiu estações de bombeamento e oleodutos e avisou que todas as companhias petroleiras devem retirar seus funcionários da região.

A norte-americana Chevron confirmou que uma de suas plataformas na Nigéria foi atacada por militantes, mas a produção já estava interrompida devido a problemas anteriores no oleoduto.

Neste domingo, o Exército nigeriano anunciou ter repelido outro ataque rebelde contra a instalação petroleira da Chevron no Delta do Níger, no sul do país.

*Com informações da AFP e da Reuters

Leia mais sobre: Nigéria - petróleo

    Leia tudo sobre: nigéria

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG