As concentrações do dia 1º de Maio no México foram suspensas pela primeira vez em muitos anos, para evitar novos contágios da gripe suína que deixou 12 mortos, a pedido do secretário de Trabalho e Previdência Social, Javier Lozano.

A medida faz parte de uma série de outras adotadas, para evitar aglomerações de pessoas e evitar a propagação do vírus; já foram fechados temporariamente restaurantes, bares, discotecas, museus. As partidas de futebol são disputadas com os portões dos estádios fechados.

nr/ol/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.