Três pessoas de uma escola da Nova Zelândia que sentiram dores de garganta em seu retorno do México não têm gripe suína, informou nesta segunda-feira o Ministério da Saúde neozelandês.

Dois estudantes e um aluno de uma escola secundária de Auckland foram sumetidos a análises para detectar se tinham "influenza A", do qual a gripe suína é uma variação, porque se queixavam de dores de garganta ao retornar de uma viagem ao México no sábado.

Dez pessoas de outra escola de Auckland que também viajaram para o México e apresentavam sintomas gripais depois de terem permanecido três semanas no México apresentaram resultados positivos para as análises de detecção do vírus influenza A, mas seguem aguardando os resultados para determinar se foram contagiadas com o vírus da gripe suína.

O foco de gripe suína causou 150 mortes prováveis no México e 20 foram confirmadas. Mil pessoas já foram infectadas nesse país. Os Estados Unidos já somam 40 casos, enquanto que Espanha e Grã-Bretanha confirmaram os primeiros contágios.

bro/dm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.